CUIABÁ

TECNOLOGIA

Steve Jobs queria lançar o primeiro iPhone sem entrada para chip

Publicados

TECNOLOGIA

source
Steve Jobs durante lançamento do primeiro iPhone
Divulgação/Apple

Steve Jobs durante lançamento do primeiro iPhone

O chip virtual (eSIM) foi uma solução popularizada pelo iPhone desde 2018. Mas você sabia que o cofundador da Apple, Steve Jobs, já queria eliminar a entrada para chip de operadora no primeiro iPhone, em 2007? É o que conta um dos responsáveis pelo iPod, Tony Fadell, em uma entrevista dada à jornalista Joanna Stern.

A história gira em torno do chip de operadora colocado na lateral do smartphone. Segundo Fadell, durante o desenvolvimento do primeiro iPhone, Jobs era contrário à ideia de ter um espaço para colocar o cartão SIM. O problema é que, naquela época, soluções como o eSIM ainda não existiam, limitando os seus sonhos.

Mas o cofundador levantou algumas referências para sustentar a sua ideia. O executivo lembrou da operadora Verizon, que utiliza a tecnologia CDMA e não depende de chips para funcionar. Para refrescar a memória, trata-se da solução adotada pela Claro e a Vivo quando ainda se chamavam ATL e Telefônica, respectivamente.

O problema é que a tecnologia não possui uma grande abrangência no mundo. No Brasil, depois que a Oi e a TIM chegaram ao mercado nacional com a tecnologia GSM, a Claro e Vivo abandonaram o CDMA nos anos 2000. O GSM também está amplamente difundido em outras regiões, como a União Europeia, já que o padrão foi feito pelo Instituto Europeu de Normas de Telecomunicações (ETSI, em inglês).

Leia Também:  Assinatura do Discovery+ chega ao Amazon Prime Video Channels

No fim das contas, o iPhone foi lançado com a tecnologia GSM. Depois, em 2011, a Apple chegou a lançar uma versão do iPhone 4 com suporte ao CDMA para atender os clientes da Verizon. Mais tarde, em 2018, o iPhone XR, XS e o XS Max foram lançados com suporte ao eSIM, que tem o potencial de substituir o chip físico no futuro.

Apple se prepara para lançar iPhone sem entrada de chip

O eSIM não é uma tecnologia criada pela Apple, mas que foi popularizada pelo iPhone. A solução deu as caras nos modelos de 2018, levando aos smartphones da marca uma função para lá de esperada: o Dual SIM. Mas, apesar de o uso principal ser voltado ao uso de duas linhas ao mesmo tempo, o recurso tende a decretar o fim do chip físico.

E essa pode ser uma das apostas da Apple para o futuro. Em dezembro, o MacRumors informou que a fabricante pediu para as operadoras americanas se prepararem para um iPhone sem entrada para chip. O prazo final da mudança seria em setembro de 2022, quando a empresa deve lançar a linha iPhone 14.

De um lado, isto é um ponto bom: as fabricantes podem ganhar mais espaço interno para implementar outros componentes. Do outro, esta mudança pode ser uma barreira em algumas regiões. E é justamente este um dos problemas que muitos brasileiros encontram, pois ativar o eSIM no Brasil pode dar bastante dor de cabeça.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

TECNOLOGIA

PS Plus incluirá troféus em jogos clássicos em planos Premium e Deluxe

Publicados

em

source
PS5 e PS4 terão conquistas desbloqueáveis
Reprodução

PS5 e PS4 terão conquistas desbloqueáveis

Os novos planos do PlayStation Plus irão oferecer não só catálogos com mais de 700 jogos para baixar, como também vão liberar troféus para os títulos clássicos de PS1. A Bend Studios — uma das produtoras parceiras da Sony — confirmou que Syphon Filter, lançado originalmente em 1999, terá conquistas desbloqueáveis no PS4 e PS5.

Em seu perfil no Twitter, o estúdio publicou uma prévia de um dos troféus do jogo, chamado “Um Começo Explosivo”, com a seguinte mensagem: “A inteligência da agência informa que o Syphon Filter incluirá troféus quando chegar ao novo PlayStation Plus”. Isso deve acontecer no dia 13 de junho deste ano.

Vale lembrar que os jogos clássicos do PlayStation só estarão disponíveis para assinantes dos planos Premium — ou Deluxe, em países onde não há PlayStation Now, como no Brasil. Em outras palavras, somente usuários dessas categorias serão capazes de desbloquear os novos troféus.

Leia Também:  Xiaomi chega a meio bilhão de usuários de celular e lucra 70% a mais

Ainda não sabemos se todos os jogos clássicos terão troféus, ou se apenas alguns games selecionados irão oferecer o recurso. Recentemente, o usuário Christian Henares encontrou uma patente, registrada pela Sony, de um sistema que identifica e desbloqueia conquistas em títulos emulados.

Por enquanto, a única certeza é que Syphon Filter vai receber troféus. Contudo, o catálogo de clássicos de PS1 do PS Plus Premium e Deluxe ainda conta com nomes como Ape Escape e Tekken 2, por exemplo.

Jogos clássicos serão melhorados no PS4 e PS5

Além dos troféus, os títulos clássicos do PlayStation disponíveis no PS Plus devem ter interface reformulada, taxa de quadros por segundo melhorada e resolução com maior qualidade.

Aqui no Brasil, o PS Plus Deluxe vai custar R$ 59,90, R$ 159,90 e R$ 389,90 nos planos mensal, trimestral e anual, respectivamente.

Leia Também:  Homologado o primeiro acordo de não persecução penal em procedimento restaurativo da Justiça Federal da 4ª Região

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA