CUIABÁ

POLÍCIA

Polícia Civil representa pela prisão preventiva de autor de homicídio em Campos de Júlio

Publicados

POLÍCIA

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Campos de Júlio, representou pela prisão preventiva do autor de um homicídio ocorrido na madrugada de segunda-feira (20.06) no município de Campos de Júlio. O suspeito que matou a vítima a facadas em decorrência de ciúmes da sua namorada confessou o crime e ficou aguardando a chegada da Polícia para ser preso.

O homicídio que vitimou, Janderson Jonas Nunes dos Santos, ocorreu em um condomínio de quitinetes em Campos de Júlio, onde estava reunido um grupo de amigos ingerindo bebida alcoólica.

Em determinado momento, o suspeito saiu do local para buscar a carteira de cigarros e quando retornou flagrou a vítima flertando com a sua namorada. Os envolvidos continuaram no local, ingerindo bebida alcoólica, quando em certo momento da madrugada, a vítima novamente se aproximou da jovem, ocasião em que o suspeito matou a vítima com seis golpes de faca.

Após o crime, o suspeito permaneceu no local, aguardando a chegada da Polícia Militar, que realizou a sua condução para a Delegacia de Campos de Júlio. Depois de interrogado, o suspeito foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado, sendo representado pelo delegado Eduardo Ribeiro, pela conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva

Leia Também:  Polícia Civil recupera valores de duas vítimas de golpes cometidos por meios eletrônicos

“O suspeito possuía passagem anterior por tráfico de drogas em Campos de Júlio e agora cometeu esse crime cruel em frente a diversas pessoas, inclusive crianças. A Polícia Civil agora trabalha com o prazo de 10 dias para conclusão de inquérito em busca de colheita elementos de informações para condenação do investigado e posterior cumprimento de pena, caso determinado pelo Poder Judiciário”, explicou o delegado.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

POLÍCIA

Investigado por dupla tentativa de homicídio é preso em Mirassol d’Oeste

Publicados

em

Policiais civis de Mirassol d’Oeste prenderam nesta quinta-feira (30.06) um homem de 42 anos investigado por uma dupla tentativa de homicídio ocorrida na cidade no último domingo.

O investigado disparou contra as vítimas, dois irmãos de 19 e 22 anos, após um desentendimento por causa de som alto, no bairro Jardim São Paulo, na noite do domingo. Após cometer o crime, ele fugiu do bairro em uma motocicleta.

O delegado de Mirassol d’Oeste, Matheus Prates, ouviu as vítimas e com base nos elementos informativos coletados nas diligências representou pela prisão temporária do investigado.

O cumprimento do mandado ocorreu na tarde desta quinta-feira, no Assentamento Sílvio Rodrigues, onde o autor do crime estava escondido. Ele responderá ao inquérito pelo homicídio tentado e posse irregular de arma de fogo.

Fonte: PJC MT

COMENTE ABAIXO:
Leia Também:  Polícia Civil investiga quadrilha que furtou 490 toneladas de fertilizantes em propriedades rurais de MT
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA