CUIABÁ

ECONOMIA

Ministério do Trabalho e Previdência ensina a sacar Abono do Pis/Pasep

Publicados

ECONOMIA

source
Abono salarial: Veja números e sites para consultar e sacar via PIS/Pasep
Agência Brasil

Abono salarial: Veja números e sites para consultar e sacar via PIS/Pasep

Ainda restam 485.666 trabalhadores na fila de pagamento do abono salarial Pis/Pasep, do ano-base 2020. São R$ 443,05 milhões esquecidos As pessoas que ainda têm essa pendência, podem ir retirar até 29 de dezembro. As informações são do Ministério do Trabalho e Previdência.

Dos mais de 485 mil totais, 328.612 benefícios ainda são referentes ao abono do Pasep ( Banco do Brasil ), para os servidores públicos. Isso representa R$ 308,01 milhões. Referente ao PIS , destinado aos trabalhadores da iniciativa privada ( Caixa Econômica ), são 157.054 disponíveis. Ou seja, R$ 135.04 milhões. Ao todo, são 24.255 milhões de beneficiários, com um volume de recursos liberados de R$ 22,62 bilhões.

Leia Também:  BB lança crédito a caminhoneiros e títulos verdes a produtores rurais

Os trabalhadores com com registro formal por, pelo menos, 30 dias durante o ano-base, recebendo, em média, até dois salários mínimos, são os que têm direito ao recebimento. Além disso, é necessário estar inscrito no PIS/Pasep há, pelo menos, cinco anos. Os empregadores também precisam ter informado os dados do trabalhador na Relação Anual de Informações Sociais (Rais).

Importante salientar que a Resolução 838, de 2019, determina que os valores do abono salarial não recebidos em vida pelos titulares ficam assegurados aos dependentes ou sucessores legais.

Cheque, também, quais são os dados e os documentos necessários
Reprodução

Cheque, também, quais são os dados e os documentos necessários

Para acessar a plataforma de serviços do trabalho, ligue para o número 158, ou acesse o portal Gov.br ou o aplicativo Carteira de Trabalho Digital (CTPS Digital). O usuário irá submeter o número do CPF e deverá criar uma conta autenticada no portal Gov.br. Na sequência, deve-se acessar a opção “Benefícios”, no menu inferior, e depois selecionar “Abono salarial”.

Já o número da Caixa, para saber do PIS, é 0800-726-0207. Para se informar sobre o Pasep, disque 4004-0001 ou 0800-729-0001, ou ainda pelo site do BB. Basta preencher o número de inscrição do Pasep ou o CPF e a data de nascimento.

Leia Também:  Caixa paga Auxílio Brasil a beneficiários com NIS final 7

Beneficiários com conta-corrente ou caderneta poupança, recebem o crédito diretamente em conta. Os demais podem procurar os bancos para o saque, levando um documento de identificação oficial com foto e o número do PIS/Pasep.

Esse número pode ser checado no site do Meu INSS, pelo Cadastro Nacional de Informações Sociais (CNIS), no aplicativo do FGTS e no aplicativo Caixa Trabalhador.

Outro caminho é o aplicativo Caixa Tem, ou usando o Cartão do Cidadão com senha nos terminais de autoatendimento, lotéricas e postos Caixa Aqui.

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Brasil e Argentina concluem acordo de homologação de veículos

Publicados

em

O Brasil e a Argentina concluíram a negociação de um acordo para reconhecerem mutuamente as normas de segurança de veículos, anunciaram hoje (30) à noite os ministérios da Economia, da Infraestrutura e das Relações Exteriores. O acordo será assinado em julho por autoridades dos dois países.

Por meio da homologação veicular, os órgãos máximos de trânsito atestam a conformidade dos veículos a normas de segurança e autorizam a circulação no país. Com o acordo, o Brasil reconhecerá a aprovação de um modelo de veículo produzido na Argentina, com o país vizinho fazendo o mesmo com os veículos montados no Brasil.

O acordo, informou o comunicado, facilitará o comércio de veículos entre Brasil e Argentina, reduzindo custos e prazos. “O reconhecimento mútuo de homologações veiculares favorece o desenvolvimento do setor automotivo nos dois países e o incremento dos fluxos de comércio, além de conferir mais previsibilidade e segurança jurídica para os investimentos”, destacou a nota.

Com a homologação, o governo brasileiro reconhecerá a Licença para Configuração de Modelo emitida pelo Ministério de Desenvolvimento Produtivo da Argentina. O país vizinho reconhecerá o Certificado de Adequação à Legislação de Trânsito, emitido pela Secretaria Nacional de Trânsito, do Ministério da Infraestrutura brasileiro.

Leia Também:  Número de endividados cai 0,2 ponto percentual em janeiro, diz CNC

Num primeiro momento, o acordo cobrirá cerca de 80% dos itens de segurança de veículos leves de passageiro e leves de carga (categorias M1 e N1, respectivamente). Está prevista a ampliação de itens e a inclusão de novas categorias de veículos, como ônibus e caminhões. Os dois governos pretendem estender o acordo às autopeças.

“O acordo vai ao encontro dos interesses dos setores produtivos dos dois países, que já destacaram em outras oportunidades os benefícios de uma aproximação ainda maior entre Brasil e Argentina, destacando-se a criação de oportunidade para ganhos de competitividade e a otimização de custos e investimento, num setor que possui uma participação significativa no comércio bilateral”, concluiu a nota conjunta.

Edição: Fábio Massalli

Fonte: EBC Economia

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA