CUIABÁ

ECONOMIA

Instituto Êxito firma convênio para levar empreendedorismo a jovens no RJ

Publicados

ECONOMIA


source
Parceria deve beneficiar mais de 3 mil pessoas
Divulgação

Parceria deve beneficiar mais de 3 mil pessoas

O Instituto Êxito de Empreendedorismo assinou nesta semana um convênio com o Clube da Torre, organização sem fins lucrativos com sede em Niterói (RJ), para levar a educação empreendedora a jovens, adultos e famílias em situação de vulnerabilidade social do bairro Largo da Batalha, no município fluminense. A parceria irá disponibilizar os mais de 600 conteúdos gratuitos da plataforma digital do Instituto, entre cursos, palestras, vídeos inspiracionais e mentorias.

Os alunos terão acesso a todos os conteúdos disponibilizados pelo Instituto gratuitamente, com trilhas educacionais, debates, palestras e cursos profissionalizantes.

“Unindo forças com o Clube da Torre, temos a oportunidade de propagar a educação empreendedora entre os jovens, adultos e, principalmente, as famílias em situação de vulnerabilidade social da área, que terão novas possibilidades de enriquecer seu conhecimento e ingressar no empreendedorismo, descortinando novos rumos para seu futuro”, afirma o presidente do Instituto Êxito de Empreendedorismo, Janguiê Diniz.

“As ações capacitadoras auxiliarão no desenvolvimento da mentalidade e da atitude empreendedora nesse público, levando conhecimento a todos”, completa.

Leia Também:  Infectologistas defendem vacinação em jovens e criticam decisão do Ministério

Leia Também

Para o presidente do Clube da Torre, Pedro Paulo Freire de Azevedo, o convênio proporciona um novo campo de estudo e qualificação de jovens e adultos para a construção de uma educação empreendedora contínua.

“A parceria com o Instituto Êxito vem ao encontro de podermos levar à comunidade do Largo da Batalha, uma população de mais 9 mil habitantes, conhecimento e capacitação para promover novas oportunidades no mercado de trabalho”, explica.

Os conteúdos estarão disponíveis na plataforma virtual do Instituto Êxito de Empreendedorismo no site da Instituição . Os usuários também terão acesso às mentorias online realizadas por meio do aplicativo Toolzz Mentor, com grandes nomes do empreendedorismo e sócios do Instituto.

Veja a lista de mentores

  • José Roberto Marques, presidente do Instituto Brasileiro de Coaching (IBC);
  • Janguiê Diniz, fundador do grupo Ser Educacional;
  • Guilherme Benchimol, fundador da XP Inc.;
  • Antônio Carbonari Netto, fundador do grupo Anhanguera Educacional;
  • Carol Paiffer, presidente da Atom; 
  • João Appolinário, fundador e CEO da Polishop;
  • Ricardo Bellino, empreendedor serial;
  • Geraldo Rufino, presidente da JR Diesel;
  • Millena Machado, jornalista e apresentadora da RedeTV! News;
  • Gustavo Caetano, CEO da Sambatech;
  • João Kepler, fundador e presidente da Bossanova Investimentos;
  • Fábio Coelho, presidente do Google Brasil.
Leia Também:  Tereza Cristina espera que embargo chinês à carne bovina acabe em dezembro

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

ECONOMIA

Subida dos juros deve provocar desaceleração na economia, diz Guedes

Publicados

em


source
Paulo Guedes, ministro da Econimia
[email protected] (O Dia)

Paulo Guedes, ministro da Econimia

O ministro da economia, Paulo Guedes, reconheceu que a subida dos juros para combater a inflação vai provocar uma desaceleração na economia no ano que vem. Para ele, o resultado será o melhor possível a ser feito, e a política econômica está seguindo o caminho correto.

“A Faria Lima e os banqueiros estão prevendo um crescimento menor. É natural. No ângulo de visão de financistas, é claro que vai haver uma desaceleração forte, porque os juros estão subindo. A inflação subiu, de novo estamos fazendo a coisa certa. O importante não é a previsão. O importante é fazer a coisa certa. O resultado será o melhor possível. Quando previram que o Brasil ia cair 10 [%], eu apenas descredenciei a previsão de 10. Eu não disse quanto ia cair. Aí surgiu uma guerra de fatos. Eu acreditava em recuperação em V. Não disse em quanto tempo e aconteceu até mais rápido do que eu esperava. Em compensação, veio acompanhada do componente inflacionário”, disse, ao participar nessa sexta-feira (3) do Encontro Anual da Indústria Química.

Leia Também:  Várzea Grande inicia vacinação de jovens, dose de reforço para idosos e realiza segunda etapa do 'Sextou Vacina VG'

Em contrapartida ao efeito dos juros, Guedes conta com o avanço da taxa de investimentos, que vem registrando evolução e pode chegar em 2022 a 20% do Produto Interno Bruto (PIB). Para o ministro, o crescimento do Brasil é inevitável e o país está recuperando sua economia de forma sustentável. Segundo ele, a economia passa por uma fase de recuperação cíclica em forma de V, que é quando registra recuo seguido de ascensão, baseada em transferência de renda e agora passa para a etapa do aumento dos investimentos.

Leia Também

“É um número importante. Estamos subindo a nossa taxa de investimentos”, afirmou.

Guedes acrescentou que não vai fazer projeções do crescimento do PIB para 2022 .

“Eu não estou prevendo quanto vai ser o crescimento do ano que vem. Eu estou tentando de novo colocar um certo ceticismo nessas previsões, que foram de queda de 10%, de depressão, de desemprego em massa. Estou tentando justamente inspirar uma volta à normalidade da economia brasileira e até transcender esse estado, questionando essas previsões do PIB e de crescimento zero. É verdade que a subida de juros para combater a inflação desacelera o crescimento, mas também é verdade que uma taxa de investimento de 20% do PIB é um sinal de bom crescimento à frente”, observou.

Leia Também:  Doenças reumáticas podem atingir crianças e jovens, alertam médicos

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA