CUIABÁ

SORRISO

Secretaria de Saúde alerta para baixa procura pela imunização…

Publicados

SORRISO

O secretário de Saúde e Saneamento, Sílvio Stolfo, pontua a importância de imunizar as crianças. “Desde o início da pandemia foi possível observar que as crianças reagem melhor ao vírus; contudo, quando positivas elas podem transmitir e infectar familiares com comorbidades”, salienta. “A vacinação é segura; mais de 2,6 mil crianças receberam pelo menos uma dose e não temos relatos de reações graves”, diz.

 O gestor frisa ainda que há algumas peculiaridades no imunizante. “Primeiro: foi desenvolvido exclusivamente para o público infantil; além disso a dose aplicada é menor, de 0,2 ml (em adultos é de 0,3 ml) e a concentração da medicação equivale à 30% do imunizante adulto”, destaca. E caso haja uma reação é só procurar uma unidade de saúde, explica.

Pais ou responsáveis que desejam imunizar suas crianças podem procurar os PSFs Nova Integração e Jardim Europa que nesta semana atendem das 7h30 às 10h30 pela manhã; das 13h30 às 17h30 à tarde e das 17 às 20 horas no período noturno.

Leia Também:  Saúde orienta grávidas sobre prevenção à varíola dos macacos

A equipe técnica pontua ainda que é necessário levar o cartão de vacinação das crianças e o CPF dos pequenos. Pais cujos filhos não tenham CPF é só procurar uma agência dos Correios para a confecção. “Os pais também podem verificar a certidão de nascimento dos filhos, desde 2014 o número consta na certidão”, lembra o secretário.

Número das imunizações

Até o momento Sorriso aplicou 166.617 doses de esperança. Desse total, 78.459 são de primeira dose; 65.361 equivalem a segunda dose; 2.444 são de dose única; 18.059 são da primeira dose de reforço; 2.294 picadinhas equivalem a segunda dose de reforço No Município, do total geral de doses aplicadas,  84.450 doses foram em mulheres e 82.167 doses foram no público masculino, somando as 166.617 picadinhas.

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SORRISO

Equipe do Programa VitaMel Mais participa de Dia de Campo em…

Publicados

em

Um dia de campo para conhecer o Meliponário que realiza prática de produção, divisão e multiplicação de enxame de abelhas sem ferrão, de diversas espécies, levou equipe do programa Vita Mel até Alta Floresta para conhecer in loco o processo num todo.

A equipe da SAMA formada membros do Programa VitaMel Mais e 01 produtor foi recepcionada pela secretária de Meio Ambiente de Alta Floresta/MT, Gercilene Meire que explanou sobre o Projeto Meliponicultura.

Em campo, a equipe participou na prática da técnica de multiplicação das abelhas uruçu boca-de-renda, uma espécie sem ferrão.

Conforme o coordenador do VitaMel Mais, Niki Nelson, Alta Floresta é referência em preservação e incentivo na produção de mel, por abelhas sem ferrão. “Fomos conhecer o diferencial dessa variedade de abelhas e do mel que vem ganhando espaço no município e se expandindo pela região. Em Sorriso, produzimos mel a partir das colmeias de abelhas com ferrão. Uma nova variedade pode se tornar uma alternativa para agregar renda extra ao produtor de mel. Futuramente a equipe do projeto do Meliponário Municipal de Alta Floresta virá conhecer nossas colmeia e variedades. Uma troca de informações que vem somar para setor que tem se desenvolvido e subsidiado a agricultura familiar, nos dois municípios”, destaca.

Leia Também:  Coleta de resíduos segue para o Setor 6

O Programa VitaMel Mais é um programa da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA).

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA