CUIABÁ

SORRISO

Ciclista sorrisense conquista prova de resistência do Brasile…

Publicados

SORRISO

Aline conta que fez uma estratégia agressiva e apostou tudo na última volta para surpreender as grandes favoritas e terminar com a medalha de ouro após percorrer 114km em um circuito de 3h30m de prova. “Era uma prova de resistência em voltas. Tive um problema na corrente nos quilômetros finais, mas eu acreditei na prova, não desisti e fui buscar. Foi uma prova difícil e muito desgastante, mas acabou tudo dando certo no final e consegui manter uma pequena diferença suficiente para me tornar campeã. Foi gratificante e, sem dúvida, um sonho realizado e uma experiência para a vida toda”, diz a ciclista, emocionada.  

Na manhã de ontem (27), Aline foi recepcionada pelo prefeito Ari Lafin, a primeira-dama e secretária de Assistência Social, Jucélia Ferro, e o secretário de Esporte e Lazer, Júnior Brandão.

“Para nós é um honra recebê-la e um imenso orgulho vê-la conquistando uma competição tão disputada e, claro, levando o nome de Sorriso. Parabéns Aline pela sua dedicação e muito sucesso em sua carreira esportiva”, desejou Ari.

Leia Também:  Executivo e Legislativo debatem estruturação do Parque Tecnol...

“Ela não para. Mais uma vez, Aline mostrou todo seu talento e dedicação ao esporte. Para nós é motivo de muito orgulho”, complementou Brandão.

Aline pedala há seis anos, mas há quatro vem treinando forte para competições. No mês de abril, ela compôs a elite feminina da Copa Internacional Michelin de Mountain Bike, que aconteceu em Petrópolis (RJ). A competição mais importante do mountain bike brasileiro contou com a participação de 800 ciclistas de nove países, como Chile, Porto Rico, Portugal, Rússia, Ucrânia, Letônia, Holanda e Inglaterra. Dentre eles, campeões olímpicos e mundiais.

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

SORRISO

Equipe do Programa VitaMel Mais participa de Dia de Campo em…

Publicados

em

Um dia de campo para conhecer o Meliponário que realiza prática de produção, divisão e multiplicação de enxame de abelhas sem ferrão, de diversas espécies, levou equipe do programa Vita Mel até Alta Floresta para conhecer in loco o processo num todo.

A equipe da SAMA formada membros do Programa VitaMel Mais e 01 produtor foi recepcionada pela secretária de Meio Ambiente de Alta Floresta/MT, Gercilene Meire que explanou sobre o Projeto Meliponicultura.

Em campo, a equipe participou na prática da técnica de multiplicação das abelhas uruçu boca-de-renda, uma espécie sem ferrão.

Conforme o coordenador do VitaMel Mais, Niki Nelson, Alta Floresta é referência em preservação e incentivo na produção de mel, por abelhas sem ferrão. “Fomos conhecer o diferencial dessa variedade de abelhas e do mel que vem ganhando espaço no município e se expandindo pela região. Em Sorriso, produzimos mel a partir das colmeias de abelhas com ferrão. Uma nova variedade pode se tornar uma alternativa para agregar renda extra ao produtor de mel. Futuramente a equipe do projeto do Meliponário Municipal de Alta Floresta virá conhecer nossas colmeia e variedades. Uma troca de informações que vem somar para setor que tem se desenvolvido e subsidiado a agricultura familiar, nos dois municípios”, destaca.

Leia Também:  Conselheiras de Direitos da Mulher de Sorriso são nomeadas

O Programa VitaMel Mais é um programa da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente (SAMA).

Fonte: Prefeitura de Sorriso – MT

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA