CUIABÁ

CARROS E MOTOS

Bajaj tem planos para linha de motos elétricas e deve incluir o Brasil

Publicados

CARROS E MOTOS

source


Scooter elétrico da Bajaj Chetak é uma das apostas da marca para ampliar a sua linha de motos
Divulgação

Scooter elétrico da Bajaj Chetak é uma das apostas da marca para ampliar a sua linha de motos

A indiana Bajaj Auto é uma das maiores fabricantes de veículos de duas e três rodas do mundo em termos de volumes de produção e vendas. Apesar da maior fatia estar concentrado em seu país de origem, a marca exporta para mais de 70 países em todo o mundo.

E futuramente o mercado brasileiro entrará para os países nos quais a Bajaj irá exportar, pois já confirmou que vai vender motos no Brasil, ainda que não tenha revelado quais modelos, mas rumores apontam para o modelo Dominar 400.

Essa moto é equipada com motor monocilíndrico de 373,3 cm³ e arrefecimento a água, de 40 cv de potência e 3,5 kgfm de torque associado ao câmbio de seis marchas.

Leia Também:  Recusa ao teste do bafômetro registra maior índice, segundo Detran.SP

Além dela, os modelos Pulsar NS 160, Avanger 160, Pulsar NS 250 , competindo com vários nichos das baixas e médias cilindradas no mercado brasileiro.

No entanto, a Bajaj Auto reconhece a importância dos veículos elétricos em áreas como a Índia, onde estão ganhando popularidade em um ritmo sem precedentes. A Bajaj escolheu criar a Chetak Technology como uma subsidiária para fornecer total concentração e melhorias neste setor de mobilidade em rápido crescimento.

Além disso, a  Bajaj  também espera transformar a sua empresa  Chetak Technology em um centro global para projeto, pesquisa e produção de veículos elétricos.

De acordo com Rakesh Sharma, diretor executivo da Bajaj Auto , a fabricante está focada em preservar seus portfólios de veículos com propulsores elétricos e a combustão interna, e espera, pelo menos até o mercado reagir, a tal ponto de mudar toda a linha para eletrificação.

Um dos projetos mais aguardados das instalações da Chetak Technology é uma versão elétrica da linha de motocicletas Pulsar, podendo inclusive ser exportada para outros mercados como o brasileiro, ainda que nenhuma informação concreta tenha sido revelada até agora.

Leia Também:  Banco do Brasil lança crédito para caminhoneiros e produtores rurais

Além do Brasil, países como Vietnã, Indonésia e Filipinas, onde os scooteres representam mais de 90% do mercado também pode estar nos planos da fabricante e, com isso, expandir e tornar-se populares em outros continentes também.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

SUV de luxo DS7 recebe novo visual e fica mais futurista

Publicados

em

DS 7 é híbrido plug-in tem versão capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos
Divulgação

DS 7 é híbrido plug-in tem versão capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos

A DS, marca de luxo da Citroën, apresenta a nova linha do 7, seu SUV que recebe atualizações visuais e perde a nomenclatura “crossback”.

A dianteira agora conta com novos faróis de LED , com tecnologia matrix, a grade recebeu novo padrão e desenho levemente modificado, para conversar melhor com o desenho dos faróis, que são mais finos.

Porém o que mais chama a atenção na dianteira do DS7 é a nova assinatura do DRL, composta por 33 LEDs, e coberta com policarbonato transparente.

Graças às alterações, a dianteira do DS7 atualizado , além de se tornar mais elegante, também passa a ficar mais de acordo com os outros modelos da linha DS . Na traseira, a tendência de l anternas mais finas se mantém, e dão a impressão que o DS7 é mais largo do que realmente é. Além disso, há um elemento pintado de preto que conecta as lanternas, que apresentam um visual que lembra escamas.

Leia Também:  MG Club do Brasil confirma Mil Milhas Históricas Brasileiras para maio

O interior também teve mudanças, mas são mais simples. A cabine agora tem uma tela de 12 polegadas, sensível ao toque, que conta com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, além de um modo de visão noturna, mas ainda mantém uma alavanca física de câmbio, similar a vista no Peugeot 3008 , por exemplo.

Os motores consistem em opções a gasolina, diesel e versões híbridas plug-in . Dependendo do mercado, será oferecido um motor a diesel ou gasolina de 130 cv.

Com baterias de 14.2 kWh, e um motor elétrico para auxiliar na economia de combustível, o DS7 possui potência total de 228 cv nos modelos de tração dianteira e 304 cv nas versões de tração integral, o que é suficiente pra levar o modelo de 0 a 100 km/h em 5.6 segundos.

O DS7 renovado mede 4,60 m de comprimento, 1,62  de altura e 2,1 m de largura, sendo 2,7 m de entre-eixos.A novidade da marca francesa DS deve ser vendida a partir de setembro na Europa, e deve custar a partir dos € 54 mil (em torno de R$ 295.980 numa conversão simples).

Leia Também:  'Brasil está sob risco de retorno da poliomielite', diz Fiocruz

A DS já foi vendida no Brasil entre 2012 e 2017 e ofereceu os modelos DS3, DS4 e DS5, e apesar de registrar alguns modelos atuais no Brasil, não há sinais de um retorno ao nosso país.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA