CUIABÁ

CARROS E MOTOS

Aluguel de carros segue em alta, mesmo com combustíveis caros

Publicados

CARROS E MOTOS

source


Aluguel de carros para empresas representa 52% das locações de veículos hoje em dia, segundo a ABLA
Divulgação

Aluguel de carros para empresas representa 52% das locações de veículos hoje em dia, segundo a ABLA

Mesmo com a alta constante no preço dos combustíveis para o consumidor, o mercado de aluguel de veículos vem tendo aumento na procura, segundo Associação Brasileira das Locadoras de Automóveis (ABLA).

De acordo com uma pesquisa feita pela entidade, as mais recentes estatísticas apontaram no primeiro trimestre, vendas de mais de 80 mil veículos novos às locadoras e a frota total de automóveis do setor cresceu de 1.136.517 para 1.173.357 unidades.

Ainda conforme a avaliação da ABLA , no âmbito do turismo os aumentos nos preços das passagens aéreas provocaram, mesmo que ‘por linhas tortas’, estímulos às viagens rodoviárias.

Leia Também:  Saiba quando vale a pena declarar IRPF mesmo sem a obrigatoriedade

“Aqueles mais habituados a voar passaram a levar em consideração a opção de locar veículos, como bem mostrou o significativo aumento de 12,3% no número de usuários do nosso setor no ano passado”, lembra Marco Aurélio Nazaré, presidente da ABLA.

Ainda segundo o executivo, as pessoas estão se conscientizando de que “pagar apenas para usar um carro é bem melhor do que gastar muito mais para comprar. Trata-se de uma mudança comportamental que até mesmo os preços nos postos de combustíveis não estão sendo capazes de inibir”.

 As modalidades de locação responsáveis por isso são principalmente a do carro por assinatura e o aluguel de frotas para empresas privadas , cuja demanda segue forte apesar das pressões provocadas pelos reajustes nos combustíveis.

“É que, principalmente no caso do aluguel para empresas, que representa o uso de 52% dos carros das locadoras no país, na hora de calcular e decidir entre manter uma frota própria ou migrar para uma alugada, o preço do combustível não altera o resultado final do produto”, completa o conselheiro gestor da ABLA , Paulo Miguel Júnior.

Leia Também:  Mercedes Classe S  poderá ser guiado sem as mãos nos EUA e China
Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Propaganda

CARROS E MOTOS

SUV de luxo DS7 recebe novo visual e fica mais futurista

Publicados

em

DS 7 é híbrido plug-in tem versão capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos
Divulgação

DS 7 é híbrido plug-in tem versão capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 5,6 segundos

A DS, marca de luxo da Citroën, apresenta a nova linha do 7, seu SUV que recebe atualizações visuais e perde a nomenclatura “crossback”.

A dianteira agora conta com novos faróis de LED , com tecnologia matrix, a grade recebeu novo padrão e desenho levemente modificado, para conversar melhor com o desenho dos faróis, que são mais finos.

Porém o que mais chama a atenção na dianteira do DS7 é a nova assinatura do DRL, composta por 33 LEDs, e coberta com policarbonato transparente.

Graças às alterações, a dianteira do DS7 atualizado , além de se tornar mais elegante, também passa a ficar mais de acordo com os outros modelos da linha DS . Na traseira, a tendência de l anternas mais finas se mantém, e dão a impressão que o DS7 é mais largo do que realmente é. Além disso, há um elemento pintado de preto que conecta as lanternas, que apresentam um visual que lembra escamas.

Leia Também:  Combustíveis: presidente do Senado defende conta de estabilização

O interior também teve mudanças, mas são mais simples. A cabine agora tem uma tela de 12 polegadas, sensível ao toque, que conta com Android Auto e Apple CarPlay sem fio, além de um modo de visão noturna, mas ainda mantém uma alavanca física de câmbio, similar a vista no Peugeot 3008 , por exemplo.

Os motores consistem em opções a gasolina, diesel e versões híbridas plug-in . Dependendo do mercado, será oferecido um motor a diesel ou gasolina de 130 cv.

Com baterias de 14.2 kWh, e um motor elétrico para auxiliar na economia de combustível, o DS7 possui potência total de 228 cv nos modelos de tração dianteira e 304 cv nas versões de tração integral, o que é suficiente pra levar o modelo de 0 a 100 km/h em 5.6 segundos.

O DS7 renovado mede 4,60 m de comprimento, 1,62  de altura e 2,1 m de largura, sendo 2,7 m de entre-eixos.A novidade da marca francesa DS deve ser vendida a partir de setembro na Europa, e deve custar a partir dos € 54 mil (em torno de R$ 295.980 numa conversão simples).

Leia Também:  Bolsa de Valores russa segue fechada nesta terça

A DS já foi vendida no Brasil entre 2012 e 2017 e ofereceu os modelos DS3, DS4 e DS5, e apesar de registrar alguns modelos atuais no Brasil, não há sinais de um retorno ao nosso país.

Fonte: IG CARROS

COMENTE ABAIXO:
Continue lendo

CUIABÁ

VÁRZEA GRANDE

MATO GROSSO

POLÍCIA

MAIS LIDAS DA SEMANA